João Oliveira

Depoimentos de treinadores:

“O João além de ser muito aplicado no dia a dia, mostra ser um garoto muito inteligente, também, durante as partidas”

Henrique Pinto Silva, coach, ex-jogador da ATP

“O João Miguel é um atleta excelente, apesar da pouca idade se mostra um menino extremamente profissional, muito dedicado, respeita sua equipe e seus colegas de treino, com certeza é um garoto com um futuro brilhante pela frente”

Alexandre Bonatto, coach, ex-jogador da ATP

“O João Miguel é um competidor habilidoso com bom jogo de pernas e é muito empenhado nos treinos”

Rodrigo Venturoli Perri, coach, ex-jogador da ATP

SINTESE DOS RESULTADOS DA CARREIRA

O Atleta iniciou as competições nacionais em tenra idade, sendo vice-campeão de um Torneio

Brasileiro apenas com 9 anos e no mesmo ano, campeão também em torneios federados do Estado

de São Paulo.

Aos 10 anos, chegou a figurar como o primeiro colocado no ranking estadual do Estado de São Paulo, sendo campeão em vários torneios da Federação. Conquistou também vários títulos Nacionais na categoria 10 anos e teve boa colocação em torneios interaniconais, como em Porto Alegre (antiga Copa Gerdau) e na Copa Guga. Nesses dois torneios, assim como o Brasileirão, ficou nas quartas de finais, entre os 8 melhores do Brasil.

Aos 11 anos, ganhou dois títulos Brasileiro, em simples e duplas seguido, em torneios do Circuito Nacional, de maior pontuação (GA) e, a partir de então, começou a jogar em categoria superior a sua idade, de 12 anos no Brasil e 14 anos na Sulamericana, conseguindo pontuar na Sulamericana com apenas 11anos. Terminou o ano na posição 233 do ranking Cosat.

Aos 12 anos, no ano de 2019, obteve ranking de virada na Sulamericana (Cosat) de numero 129, sendo atualmente, na 35ª. semana, 81 do ranking apesar de estar no primeiro ano da categoria . Em 2020, continuará a jogar categoria 14 anos.

O Atleta iniciou as competições nacionais em tenra idade, sendo vice-campeão de um Torneio Brasileiro apenas com 9 anos e no mesmo ano, campeão também em torneios federados do Estado de São Paulo.

Aos 10 anos, chegou a figurar como o primeiro colocado no ranking estadual do Estado de São Paulo, sendo campeão em vários torneios da Federação. Conquistou também vários títulos Nacionais na categoria 10 anos e teve boa colocação em torneios interncionais, como em Porto Alegre (antiga Copa Gerdau) e na Copa Guga. Nesses dois torneios, assim como o Brasileirão, ficou nas quartas de finais, entre os 8 melhores do Brasil.

Aos 11 anos, ganhou dois títulos Brasileiro, em simples e duplas seguido, em torneios do Circuito Nacional, de maior pontuação (GA) e, a partir de então, começou a jogar em categoria superior a sua idade, de 12 anos no Brasil e 14 anos na Sulamericana, conseguindo pontuar na Sulamericana com apenas 11anos. Terminou o ano na posição 233 do ranking Cosat.

Aos 12 anos, no ano de 2019, obteve ranking de virada na Sulamericana (Cosat) de numero 129, sendo atualmente, na 35ª. semana, 81 do ranking apesar de estar no primeiro ano da categoria . Em 2020, continuará a jogar categoria 14 anos.

O Atleta também já participou de outros torneios internacionais, jogando em 2017 e 2018 o Eddie Herr na Florida, assim como outros torneios naquele pais, válidos pelo UTR, chegando inclusive na semi final de torneios UTR.

Os principais resultados do ano de 2019 foram :

TORNEIOS SULAMERICANOS:

1) Quartas de finais em dupla e oitavas de finais em simples, no Paraguais, torneio Grado 1 (de maior pontuação);
2) Oitava de finais no Paraguai, Pascuas Bowl, simples e duplas
3) Quartas de finais no Uruguais, CTN Bowl, simples e duplas
4) Quartas de finais no Paraguais,Mburucuya Bowl, simples e duplas
5) Campeão de Duplas no chile, Cosat Vina Del Mar nas duplas e quartas de finais na simples;
6) Quartas de finais em duplas e simples em Santiago do Chile, AMTO 4 La Araucana